A Importância do Feedback nas Equipes – FCAPJR. Consultoria

A Importância do Feedback nas Equipes

Você sabe o impacto que uma cultura de feedback pode trazer para os resultados da sua empresa? Você sabe os benefícios que ela pode trazer para os seus funcionários e para o seu trabalho? E mesmo sabendo desse impacto e de todos esses benefícios, você ainda não sabe como utilizar essa ferramenta da melhor forma?

Neste artigo vamos te mostrar exatamente esse impacto que a cultura do feedback traz para a sua empresa, a melhoria no desempenho dos seus funcionários, a formação e desenvolvimento da confiança em toda a organização e, principalmente, como utilizar essa ferramenta da forma mais adequada.

Feedback é uma ferramenta, que se utilizada da melhor maneira, gera maior confiança dentro da organização, engajamento e desenvolvimento do time. Consiste no processo de fornecer dados a uma pessoa, ajudando-a a melhorar seu desempenho dentro da organização, e tem como principal objetivo, reforçar as qualidades, melhorar os defeitos e contribuir para o crescimento profissional do seu funcionário.

Essa é uma ferramenta de extrema importância para uma organização porque, se passado de maneira correta, ela incentiva e reforça o bom desempenho dos funcionários, fazendo com que eles continuem dando o melhor de si no trabalho, aumentando também sua produtividade.

Além disso, oferece alternativas para mudar um comportamento que não se deseja ver repetido, dando uma chance para o funcionário corrigir seus erros e trabalhar com mais eficácia no futuro. E por último, incentiva as pessoas a buscarem o desenvolvimento não apenas dentro da organização, mas também o seu desenvolvimento pessoal.

Todavia, cuidado! Um Feedback não é uma verdade sobre alguém; não é uma forma de demonstrar superioridade; não é usado apenas para corrigir comportamentos e não é uma forma de desabafo, alívio ou agressão.

Todas essas observações relatadas são erros cometidos na momento em que se passa um Feedback para alguém, erros estes que podem gerar desmotivação, falta de confiança e até desentendimento entre os funcionários.

Sempre que for passar um Feedback, lembre-se que ele produz retornos e consequências. O retorno diz respeito aos reflexos do aprendizado que essa ferramenta proporciona à consciência do funcionário, sabendo exatamente quais pontos deve mudar e quais precisa melhorar. Já a consequência está ligada à motivação do funcionário em desempenhar um bom trabalho dentro da organização.

Por esses motivos, vamos ensinar a melhor forma de se passar um Feedback, aumentando a confiança e o rendimento do time.

1º passo: Tipos de Feedback 

O primeiro passo para chegar no Feedback ideal é conhecer os tipos de Feedbacks que existe, que são: Positivo, Negativo e Construtivo.

O Feedback Positivo é o tipo de Feedback mais aguardado por todos, pois ele exalta os pontos positivos, como um bom comportamento, a resolução eficaz de um problema, o bom andamento das atividades que lhe foram designadas, entre outros motivos.

Ele deve ser usado quando se quer que um comportamento positivo seja repetido.

Quando se dá uma boa avaliação ao seu funcionário, você mostrará que observa sua jornada, se preocupa com o seu desenvolvimento e reconhece quando ele faz um bom trabalho, o motivando diariamente a ser mais eficaz e produtivo.

Já o Feedback Negativo é o tipo de Feedback que não é recomendável, pois mostra os pontos que precisa melhorar, como um comportamento inadequado ou algo  que afete o desempenho dele, mas não propõe um plano de ação para corrigir esses problemas.

Geralmente, quando se tem esse tipo de Feedback, o funcionário perde a confiança na pessoa que passou o Feedback para ele, fica desestimulado e desmotivado, podendo gerar um clima ruim para a organização ou o setor em que ele está inserido.

E por último, temos o Feedback Construtivo, que nada mais é do que a junção dos dois tipos de Feedbacks relatados anteriormente, onde se pode apontar algo que não esteja adequado e, junto a isso, propor uma solução para que o problema seja resolvido.

Ao identificar um ponto problemático de um funcionário e elaborar uma maneira de solucioná-lo, você passará mais confiança e irá proporcionar motivação ao invés de parecer um puxão de orelha.

2º passo: dê o feedback o quanto antes

Aprendido quais são os tipos de Feedback, vamos para o segundo passo, que consiste em dar o feedback o quanto antes. Quanto mais perto do acontecimento, seja ele positivo ou negativo, o quanto mais rápido você passar, mais você irá obter um retorno dele.

Além disso, escolha um horário ideal para passar esse Feedback, prestando atenção em como está o dia do seu funcionário, para não abordá-lo em um momento ruim, o que pode fazer diferença na sua abertura em receber o Feedback.

3º passo: Ser Específico

Já o 3º passo trata de ser específico na hora de passar o Feedback. Tanto comentário positivos quanto negativos precisam ser palpáveis, por isso, utilize sempre fatos observados no dia a dia do funcionário, utilizando também datas e horários específicos do acontecimento. O objetivo disso é concretizar a sua crítica e a trazer para um plano objetivo.

4º passo: Escolher um ambiente propício

O 4º passo se trata de criar um ambiente propício para a pessoa que está o recebendo. Eles não podem ser feitos em qualquer lugar, muito menos na frente de outros funcionários.

Passando o feedback em lugares inapropriados faz com que o colaborador que está o recebendo fique desconfortável com a situação e pode até se sentir humilhado. O ideal é que ele decida onde se sente mais à vontade para conversar.

Junto ao ambiente adequado, vale ressaltar a importância do tom de voz e postura adequados, sendo sempre natural, educado e tendo empatia. É notório também salientar de que esse Feedback deve ser passado pessoalmente, sendo de jeito nenhum por e-mail, WhatsApp, Chamada de Vídeo ou Celular.

Por fim, conclua de forma rápida. O fim da conversa deve ser uma breve recapitulação do que foi discutido, sem delongas. O objetivo aqui é fazer com que a pessoa continua refletindo sobre o que foi conversado, sozinho.

Seguindo esses passos, é possível passar um feedback que irá desenvolver os funcionários da empresa. É importante criar uma cultura dentro da empresa a respeito da importância do mesmo e do grande objetivo dele: o desenvolvimento daquele que o está recebendo.

Caso você queira entender mais sobre como implementar a cultura do Feedback em sua empresa, basta falar conosco. Nós, da FCAP JR. Consultoria, oferecemos treinamentos sobre o tema a fim de sensibilizar os funcionários e implementar a cultura. 

 

bia



Deixe uma resposta